Obras vão beneficiar 180 mil moradores de 14 bairros da Capital


Uma obra de drenagem que vai beneficiar cerca de 180 mil moradores de 14 bairros das zonas norte e noroeste de Porto Alegre foi destravada em Brasília. A confirmação foi feita ao prefeito Nelson Marchezan Júnior, nesta terça-feira, 22, pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo. Na sexta-feira, 25, Araújo estará em Porto Alegre para assinar a autorização de início dos projetos e execução de obras da Bacia Hidrográfica do Arroio Areia. Com recursos a fundo perdido do governo federal, serão investidas verbas na ordem de R$ 100 milhões para projetos e obras de implantação de sete mil metros de galerias pluviais, ampliando o sistema de macrodrenagem e evitando os constantes alagamentos existentes na região. “São recursos importantes, porque são a fundo perdido, são recursos do Tesouro Nacional, e são para enfrentar uma situação constrangedora para os habitantes desses 14 bairros que sofrem com os alagamentos”, disse o prefeito. Também está prevista a construção de sete bacias de amortecimentos de cheias (grandes reservatórios que contém a água da chuva, evitando alagamentos) e a reforma e ampliação da casa de bombas Sílvio Brum, localizada na avenida Sertório (foto). Atualmente, esta casa de bombas funciona com menos da metade de sua capacidade e apresenta problemas nas comportas (em caso de elevação do Guaíba, ocorre retorno de água por vazamentos) com riscos de acidentes. As obras ajudarão a eliminar pontos históricos de alagamentos em Porto Alegre, como na Nilo Peçanha com Teixeira Mendes e nas proximidades da Avenida Sertório. “Temos assistido ao longo do tempo o grande dano que alagamentos provocam nessas regiões. Os recursos necessários estão garantidos e podemos avançar bastante nessa obra”, diz o ministro Bruno Araújo. A obra vai atender 14 bairros: Boa Vista, Chácara das Pedras, Cristo Redentor, Higienópolis, Jardim São Pedro, Jardim Floresta, Jardim Carvalho, Passo D’Areia, Santa Maria Goretti, São João, Três Figueiras, Vila Ipiranga, Bom Jesus e Vila Jardim. Ruas e avenidas que receberão intervenções: Ruas Ibirapuitã, Marechal José Inácio da Silva, Cel. Feijó, Sapé, Roque Callage e avenidas do Forte, Sertório, Plínio Brasil Milano, Carneiro da Fontoura, Visconde de Pelotas, Anita Garibaldi, General Emílio Lúcio Esteves, Teixeira Mendes, Nilo Peçanha e Assis Brasil. As praças onde serão feitas as bacias de contenção: 1 - Praça Lopes Trovão – capacidade de armazenamento de 4.860m³. 2 - Praça Luis Blessman – capacidade de armazenamento de 7.020m³. 3 - Country Club – capacidade de armazenamento de 26.000m³. 4 - Praça Irani Bertelli – capacidade de armazenamento de 4.600m³. 5 - Praça Fortunato Pimentel – capacidade de armazenamento de 8.190m³. 6 - Reservatório rua Mal. Simeão - capacidade de armazenamento de 3.400m³. 7 - Reservatório rua Gal. Couto De Magalhães – capacidade de armazenamento de 3.360m³.

Fonte: Site da Prefeitura de Porto Alegre

#serviçosurbanos #ServiçosUrbanos #Alagamentos

57 visualizações0 comentário
Logo-Ramiro.png
  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo