Ramiro fala sobre seus projetos para a diretoria da Fecomércio-RS

Pré-candidato a deputado estadual, vereador de Porto Alegre foi convidado a se manifestar para empresários de todo o Estado


Ramiro Rosário e o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn. Foto: OAJ

"Fiquei muito impressionado com as suas ideias e da forma que o senhor vê o setor público.” Com esta frase, o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, resumiu a participação como convidado do vereador de Porto Alegre e pré-candidato a deputado estadual, Ramiro Rosário (PSDB), da reunião de diretoria da Federação, na quinta-feira, 9. “Esse é o tipo de parlamentar, que cuida de leis, deve ter. É muito comum termos vereadores que fazem coisas que não são da sua atribuição, como ajudar pessoas a ter vaga nos hospitais, alcançar cestas básicas, dar ajuda para funerais, arrumar buracos de ruas. Isso tem a sua importância, mas, na nossa visão, os parlamentares tem de acima de tudo fiscalizar e fazer boas leis”, comentou. O empresário foi enfático ao dizer que a essência do trabalho de um vereador é “criar leis que deem resultado positivo para as pessoas”.


Foi justamente isso que Ramiro mostrou na reunião híbrida (presencial e on-line) da diretoria da Fecomércio-RS, que contou com a presença de dirigentes empresariais de todo o Rio Grande do Sul. O vereador mostrou que seu mandato já produziu bons projetos para Porto Alegre. Autor de duas leis que têm impacto real na vida das pessoas – o Pacote Contra a Corrupção e o Programa Quitação Legal – Ramiro mostrou que é um vereador que pensa e propõe projetos para a cidade em benefício de todos os porto-alegrenses. “Além de evitar que leis ruins e absurdas sejam aprovadas, trabalhei para apresentar e aprovar projetos que sejam utilizados todos os dias, de forma prática, pelos cidadãos”, afirmou.



Ramiro falou para a diretoria da Fecomércio-RS em reunião híbrida (presencial e on-line). Foto: OAJ

“Se o Pacote Contra Corrupção dificulta a vida dos corruptos e atua na prevenção às irregularidades, o programa Quitação Legal possibilita que devedores da prefeitura em dívida ativa possam quitar seus débitos através da prestação de serviços, obras ou entrega de bens”, disse Ramiro. Outro destaque do seu mandato foi o envio de um projeto indicativo à Prefeitura sugerindo sete medidas de auxílio aos empreendedores afetados pela pandemia do coronavírus: seis delas foram adotadas parcial ou integralmente, em especial a diminuição do ISS de 5% para 2% ao setor de eventos. Ramiro ainda assinou outros projetos em coautoria com outros vereadores. Dois deles já foram aprovados: a Lei da Liberdade Médico-Paciente e a Lei que autoriza a exploração comercial em espaços públicos adotados.


“Ninguém melhor para gerar empregos do que os empresários do setor de serviços e varejo, que movimentam a economia de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul”, observou Ramiro. “Apesar de todas as dificuldades burocráticas, vocês decidiram empreender aqui. Por isso o Estado tem de dar condições para que vocês criem oportunidades às suas famílias e as famílias de todos os gaúchos”, completou. Várias manifestações dos dirigentes da Fecomércio-RS se seguiram, todos exaltando as ideias e o trabalho de Ramiro em favor do empreendedorismo no Estado.


Assista no vídeo um trecho da fala de Ramiro durante a reunião:


6 visualizações0 comentário