top of page

De novo, Ramiro é o vereador mais econômico de Porto Alegre

Em balanço do ano, Ramiro destinou R$ 1,43 milhão ao orçamento municipal, aprovou dois projetos de lei e fez 845 pedidos de providência e informação para atender as demandas dos cidadãos porto-alegrenses


Ramiro: “Foi um grande ano, muito produtivo e de grandes conquistas para os porto-alegrenses, as maiores delas os novos planos diretores do Centro Histórico e do 4º Distrito” (Foto: Leonardo Lopes/CMPA)

De novo, Ramiro Rosário (PSDB) é o vereador mais econômico da Câmara Municipal. Ramiro teve despesa zero, não gastou nenhum centavo da verba disponível ao seu gabinete. A economia em 2022 somou R$ 213,8 mil. Os recursos retornam à prefeitura para serem aplicados na cidade. “Considero uma obrigação ter responsabilidade com o dinheiro público. Por isso, economizar cada centavo possível é um dos nossos principais valores. Entendo que o salário de vereador é suficiente para arcar com os gastos do mandato”, explica Ramiro. Seu compromisso em economizar recursos públicos gerou um apelido na internet: “Ramiro Zero Pila”. “O Zero Pila virou um símbolo de austeridade, de respeito ao dinheiro dos pagadores de impostos”, observa. Na cota parlamentar mensal, que é de R$ 17,5 mil para cada vereador, podem ser descontadas despesas com indenização de veículos; serviços postais dos Correios; assinatura de periódicos; diárias e passagens; telefonia móvel; cópias colorida e em preto e branco; aquisição de software; material de expediente; telefonia fixa; entre outros gastos.


PROJETOS APROVADOS

Mesmo sem gastar nenhum recurso da cota parlamentar, Ramiro mais uma vez produziu bons projetos para Porto Alegre em 2022. O vereador teve dois projetos de lei aprovados: o programa batizado como Quitação Legal, que prevê a possibilidade de devedores quitarem seus débitos com a prefeitura através de obras e serviços e obras públicas em Porto Alegre; e a retirada de obrigatoriedade de portas giratórias em agências bancárias que não trabalham com dinheiro em espécie.Em 2021, Ramiro já havia aprovado o Pacote Contra a Corrupção, e o nome de Jaime Lerner ao trecho 3 da Orla do Guaíba, fazendo uma justa homenagem póstuma ao responsável pelo projeto de revitalização deste espaço nobre da cidade. “Foi um grande ano, muito produtivo e de grandes conquistas para os porto-alegrenses, as maiores delas os novos planos diretores do Centro Histórico e do 4º Distrito”, afirma.


INVESTIMENTO DE R$ 1,43 MILHÃO

Ramiro destinou R$ 1,43 milhão de recursos ao orçamento municipal. Serão aplicados em 2023 R$ 716 mil na saúde da Capital e R$ 716 mil em academias de ginásticas para as praças Macedônia e Pinheiro Machado, associações comunitárias e de moradores, e outros investimentos para a zeladoria da Capital.O vereador ainda auxiliou os cidadãos fazendo 845 Pedidos de Providência e Informação para atender as demandas dos cidadãos porto-alegrenses, mais do que o dobro do que foi feito em 2021. Foram 724 Pedidos de Providência (solicitando ações do dia a dia) à Prefeitura – 152% a mais do que os 287 PPs de 2021. Também foram feitos 121 Pedidos de Informação, fiscalizando as ações do poder público, 68% a mais dos 72 PIs feitos no ano passado. Na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Ramiro fez 72 pareceres, o maior número entre os integrantes da comissão, atrás apenas do presidente, que fez 89 pareceres.


Texto: Orestes de Andrade Jr. (reg. prof. 10.241)


16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page