Buscar
  • Ramiro Rosário

Aumenta capina em vias e praças e cai o número de reclamações


De 2017 para 2019, as equipes da Prefeitura de Porto Alegre aumentaram em 183% o trabalho de capina em vias públicas. Enquanto em 2017 um total de 7,9 mil quilômetros de ruas e avenidas foram capinados na Capital, em 2019, esse quantitativo subiu para 22,5 mil vias. Os números fazem parte do balanço anual da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb) e mostram, além da ampliação da produtividade, a diminuição no número de reclamações via Sistema Fala Porto Alegre 156. Para o serviço de capina, neste mesmo período, houve uma queda de 41% no número de reclamações. “Em 2020 os números serão ainda maiores com o novo contrato unificado de capina em ruas e praças da cidade. Nunca se investiu tanto em serviços na capital gaúcha. Só em capina de meio-fio, passamos de R$ 13,2 milhões nos últimos anos para R$ 29,5 milhões com o novo contrato”, contabiliza o secretário municipal de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário. Conforme o titular da pasta de zeladoria, só nos meses de dezembro, houve um aumento de 140% na produtividade de praças. Ou seja, se em dezembro de 2017, das cerca de 600 praças existentes na cidade, foram atendidas 167 praças, no mesmo mês de 2019, este número chegou a 335. Na comparação entre estes mesmos anos, o número de protocolos abertos via 156 também reduziu em cerca de 50% (de 3.525 para 1.731).

“Desde que assumimos nesta gestão, realizamos todos os meses uma série de indicadores com o objetivo de controlar os serviços prestados à população, bem como acompanhar o cumprimento de metas. E os dados são animadores, pois mostram que estamos avançando e muito”, pondera Ramiro Rosário.

Maior contrato de capina - Prevê a aplicação de R$ 40,4 milhões ao longo de 2020 para os serviços de capina e roçada de vias e praças de Porto Alegre, anteriormente em diferentes contratos, agora unificados. Os serviços são realizados pelo Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), sob a coordenação da SMSUrb.

Capina de vias - Previsão de execução de 37.800 quilômetros por ano, o que representa aumento de 210% em relação ao período anterior a 2017. Programação sazonal com retorno em 30 dias nos meses de calor e 60 dias nos meses frios. Este serviço contempla a roçada com a retirada da vegetação do meio-fio e de locais onde não deveria haver vegetação, com posterior limpeza e recolhimento do material gerado pela ação. Porto Alegre possui 4,7 mil quilômetros considerados capináveis.

Roçada de avenidas - Previsão de execução de 2.700 quilômetros de roçada (corte de grama) por ano. Capina e roçada de praças - Previsão de execução de 4.500 hectares, que representam aumento de quase 400 hectares em relação ao período anterior a 2017. Programação sazonal com retorno em 30 dias, nos meses de calor, e 60 dias nos meses frios. Porto Alegre possui mais de 600 praças. Desde novembro de 2019, as equipes foram ampliadas de dez para 24. Os trabalhos são executados de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados até o meio-dia. O DMLU é o responsável pela manutenção das praças desde outubro de 2016. Dos nove parques do município, oito têm equipes próprias de serviços, mantidas pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams).

Fonte: site da Prefeitura de Porto Alegre

#RamiroRosário #PortoAlegre #Capina #Praça

0 visualização
Logo-Ramiro.png

© 2017

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo