Buscar
  • Ramiro Rosário

Conhecidas as propostas financeiras para o trecho 3 da Orla


Foram abertos, na tarde desta terça-feira, 6, os envelopes com as propostas financeiras para execução das obras de revitalização do trecho 3 da Orla do Guaíba. O consórcio com melhor proposta apresentou orçamento com valor quase R$ 12 milhões a menos do que o contido no edital, que estimava R$ 57 milhões. “Vamos entregar mais um trecho da Orla do Guaíba para a população de Porto Alegre com uma boa redução do custo inicial, graças à concorrência estabelecida entre empresas nacionais e internacionais. O primeiro trecho foi um sucesso e rapidamente se transformou em um novo cartão postal da cidade, devolvendo o Guaíba à população”, afirma o prefeito Nelson Marchezan Júnior.

A melhor proposta financeira foi do consórcio ACA/RGS, de Portugal, com valor de R$ 46.171.731,77. Em segundo lugar ficou o consórcio DT Guaíba, com R$ 49.329.580,14 e, na sequência, as empresas Construtora Pelotense, com proposta no valor de R$ 54.073.722,66, e Toniolo Busnello, com R$ 57.320.991,70. A empresa Sultepa, que também havia sido habilitada na primeira fase da concorrência, comunicou desistência um dia antes da abertura das propostas financeiras.

O resultado será publicado no Diário Oficial de Porto Alegre e, a partir de então, começará a ser contado o prazo de cinco dias úteis para recursos. "Acreditamos que ainda em agosto seja possível o julgamento das propostas e, quem sabe, em setembro tenhamos uma boa notícia de contrato assinado e início das obras de revitalização do trecho 3 da Orla, que vai do Arroio Dilúvio ao Parque Gigante. Vai ser realmente uma transformação da cara de Porto Alegre, de uma cidade cada vez mais voltada para o Guaíba", explica o vice-prefeito e coordenador do grupo de trabalho da Orla, Gustavo Paim.

Projeto – A área de intervenção é de 14,6 hectares ao longo da Orla. O projeto, de autoria do arquiteto Jaime Lerner, prevê aproximadamente 200 vagas de estacionamento no canteiro central da avenida Edvaldo Pereira Paiva, mais de 550 árvores dos tipos cedros, figueira, jerivá, cerejeira e coronilha, três estruturas de bares idênticas às já em funcionamento no trecho 1, quadras para prática esportiva, vestiários e a maior pista de skate da América Latina certificada pela Confederação Brasileira de Skate e pelo Comitê Olímpico Brasileiro. A secretária de Planejamento e Gestão, Juliana Castro, destaca a importância do trecho 3 da Orla, que vai ampliar a prática esportiva na região. "A Prefeitura, via Secretaria de Planejamento e Gestão, faz o monitoramento para garantir a conclusão da obra, prevista para 2020", destaca.

A prefeitura executará a obra com recursos provenientes do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), do Fundo Municipal de Iluminação Pública e do Dmae. O restante será pago pelo Tesouro Municipal.

O trecho 1 da Orla do Guaíba, também projetado pelo arquiteto Jaime Lerner, foi entregue revitalizado em junho de 2018. O ato marcou o reencontro da cidade com o Lago Guaíba e registra público recorde entre a Usina do Gasômetro e a Rótula das Cuias durante os finais de semana.

Fonte: Site da Prefeitura de Porto Alegre

Texto de: Marina Freitas Foto: Cesar Lopes/ PMPA

#VereadordePortoAlegre #Orla #Urbanismo #Guaíba

10 visualizações
Logo-Ramiro.png

© 2017

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo