Prefeitura realiza requalificação preventiva de vias

27/07/2019

 

 

As equipes da Divisão de Conservação de Vias Urbanas (DCVU) seguem realizando o trabalho de requalificação preventiva do asfalto da avenida Ipiranga e de outros pontos da cidade. Neste sábado, 27, está programado serviço na esquina com a avenida da Azenha, dependendo das condições climáticas. Cerca de 20 mil metros quadrados da via serão recuperados, e até esta data já foram finalizados pelo menos sete mil metros quadrados. A previsão é de que os trabalhos ocorram até o mês de setembro, concomitantemente a outros serviços.

 

“Aproximadamente 80% do asfalto da Capital está em más condições e já ultrapassaram a vida útil. Esta é a nossa realidade. Atuamos, então, em duas frentes: ampliando os serviços de requalificação preventiva e tapa-buracos onde é possível fazer com recursos próprios; além da busca por financiamentos externos para a reestruturação total de ruas e avenidas em piores condições. O objetivo é olhar para o todo, pensando no presente e no futuro, para não desperdiçarmos dinheiro público com ações repetidas, feitas de forma paliativa e que não resolvem o problema a longo prazo”, afirma o secretário municipal de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário. 

 

Conforme o titular da pasta, desde abril de 2018 até hoje, foram realizados 3.687 serviços de tapa-buracos em 1.296 vias diferentes, e o objetivo é que com a recuperação funcional e estrutural não seja necessário intervenções nestas vias nos próximos 10 anos. Com a operação tapa-buracos, que é um trabalho paliativo, gasta-se pelo menos R$ 60 milhões por ano, valor que pode ser reduzido progressivamente para apenas R$ 6 milhões na próxima década, se os trabalhos de requalificação forem realizados.

 

A manutenção da Ipiranga conta com duas equipes: a noturna, que trabalha das 21h até as 04h, fresando a via, e a diurna, atuando das 10h às 17h, na aplicação do asfalto. Inicialmente, a meta era realizar a requalificação em até 15 dias, no entanto, outras vias que apresentam mais urgência foram acrescentadas à programação, tais como a João Pessoa, Venâncio Aires e Borges de Medeiros.

 

A recuperação funcional tem o critério de priorizar mais de 280 vias com maior fluxo de veículos e de transporte coletivo, a fim de substituir o asfalto velho e evitar o surgimento de buracos. As atividades da operação tapa-buracos seguem atendendo ações emergenciais. Os pedidos e solicitações devem ser encaminhados a prefeitura através do telefone 156.

 

Financiamentos - Com a requalificação asfáltica da Ipiranga e de outros pontos da cidade, feita com recursos próprios, a prefeitura busca a recuperação de vias que apresentam visivelmente pequenas fissuras, mas que em médio prazo apresentarão problemas. Com os trabalhos preventivos, evita-se o surgimento de novos buracos. Pensando já no futuro da cidade, para os locais piores, a prefeitura está contando com financiamentos para reestruturação total dos pontos. 

 

Nesta gestão, a DCVU realizou um estudo que mostra que mais de 200 quilômetros de vias necessitam de intervenções mais profundas. Destes 200, cerca de 76 quilômetros devem receber recuperação estrutural, ou seja, uma reformulação desde a base, e outros 120 quilômetros de recuperação funcional, ou seja, recapeamento. Recursos que contemplam cerca de 17 quilômetros, ainda em 2019, já foram viabilizados junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina - Corporação Andina de Fomento (CAF), e para outros pontos, além de recursos próprios, a busca por outras fontes de financiamento já está acontecendo.

 

Vias vencidas -  Por falta de investimento nos últimos 20 anos, 80% das malha viária está em más condições. Nos últimos 10 anos, a média anual de aplicação de recursos no Programa de Recuperação de Pavimentos foi de R$ 10 milhões/ano. Hoje é de R$ 60 milhões, devido ao desgaste da malha. Porém, para recuperar a área total é necessária a destinação de aproximadamente R$ 200 milhões/ano. Então, se considerada a aplicação nos últimos 10 anos, será necessário um acréscimo de 20 vezes sobre o nível atual de investimento.

 

Fonte: Site da Prefeitura de Porto Alegre

Texto de: Rafaela Redin
Foto: Cristine Rochol/PMPA

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque

Happy Hour com Ramiro e Jerônimo debate MP da Liberdade Econômica

09/08/2019

1/1
Please reload

Últimas Notícias
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Posts relacionados
Please reload