Gabinete de Crise atua para garantir serviços públicos na Capital

27/05/2018

Em reunião do Gabinete de Crise da Prefeitura de Porto Alegre, coordenada pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior, na manhã deste domingo, 27, na sala de reuniões do Centro Integrado de Comando do Município (CEIC), foram debatidas as ações que vêm sendo adotadas pelo Executivo para que todos os serviços públicos essenciais sigam sendo garantidos à população durante a crise nos abastecimento de combustíveis.
 

O Gabinete de Crise, composto pelo chefe do Executivo municipal, por secretários e por integrantes de diferentes órgãos de governo, foi instalado na última quinta-feira, 24, e desde então está em contato permanente com o Estado e a União para estabelecer procedimentos que assegurem os serviços para os porto-alegrenses. A estimativa é de que os serviços possam ser atendidos até a próxima quinta-feira, 31.
 

Combustíveis - Durante a reunião, ficou definido que nesta segunda-feira o transporte público funcionará normalmente nos horários de pico (dos primeiros horários às 8h30 e das 17h às 19h30, com o restante sendo de hora em hora). O mesmo acontecendo com as lotações que estão autorizadas a transportarem passageiros em pé. Já os táxis voltam ao normal, não havendo o compartilhamento de corridas, que ocorreu nesse domingo.
 

Isso foi possível em função das carretas de combustíveis que foram trazidas durante o sábado, escoltadas em parceria da Guarda Municipal, EPTC e Brigada Militar da Refinaria Alberto Pasqualini, com o combustível (diesel, etanol e gasolina) repassado às empresas de ônibus e lotações de Porto Alegre, para o DMLU e para dois postos de combustíveis para atender veículos da Prefeitura (Guarda Municipal, Fasc, Defesa Civil, Samu, EPTC e para carros funerários). 
 

Normalidade - “Mesmo diante do quadro adverso em função da greve dos caminhoneiros, estamos garantindo a normalidade dos serviços públicos como o transporte público, recolhimento de lixo, funcionamento da rede municipal de ensino e atendimento nos postos de saúde e hospitais”, explica o prefeito. Para Marchezan, o momento é de excepcionalidade e a preocupação principal é com a segurança das pessoas. 
 

O prefeito determinou que caso ocorra bloqueio em ruas da Capital, sejam aplicadas as sanções previstas na Lei Anti-Vandalismo. O prefeito pede, ainda, que seja mantida a parceria com o governo do Estado para que sejam garantidas as escoltas principalmente para insumos essenciais. Também que, em conjunto, a PGM e a Secretaria  Municipal da Fazenda antecipem o repasse de recursos para as escolas e creches para aquisição de alimentos para a merenda. 
 

Lixo e Serviços Urbanos - Durante a reunião do Gabinete, o secretário municipal de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário informou que os veículos que fazem a coleta estão em condições de atender normalmente até quarta-feira, 30. Com relação ao armazenamento, disse ser possível utilizar a estação de transbordo da cidade por mais 12 dias, sem a necessidade de envio para a estação de coleta de Minas do Leão. Mesmo assim, há negociação para ser enviado ao município de São Leopoldo. A Cootravipa, que presta serviços terceirizados como capina e limpeza praças recebeu combustível para os veículos e equipamentos e irão atuar normalmente.
 

Educação - o secretário municipal de Educação, Adriano Neves, observa que nesta segunda-feira haverá aula normal na rede pública municipal, com acompanhamento da situação. O mesmo ocorrerá com as creches.
 

Saúde - o secretário municipal da Saúde, Erno Harzheim, solicitou aos hospitais que façam um levantamento quanto aos estoques de remédios e insumos para teste de sangue. Também ficou estabelecida parceria com o governo do Estado para garantir o transporte de hemoderivados, insumos para diálise e outras situações de emergência.
 

Fasc - Os veículos das terceirizadas que fazem o atendimento de pessoas em situação de risco estão atuando normalmente e também há estoques para a alimentação em abrigos.
 

EPTC -  O diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Marcelo Soletti, em sua manifestação durante a reunião, salientou que todas as empresas de transporte público receberam combustíveis, garantindo o transporte de passageiros até quarta-feira, 30. 

 

Fonte: Site da Prefeitura de Porto Alegre

Foto: Joel Vargas

  

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque

Happy Hour com Ramiro e Jerônimo debate MP da Liberdade Econômica

09/08/2019

1/1
Please reload

Últimas Notícias
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Posts relacionados
Please reload