Câmara concede Comenda Porto do Sol à Igreja Evangélica Luterana do Brasil

Vereador Ramiro Rosário, que propôs a homenagem do Legislativo Municipal, disse que a IELB é daquelas organizações que têm, de fato, uma visão global e uma atuação local, que faz a diferença na vida de milhares de pessoas

Ramiro Rosário entregando homenagem ao pastor Airton Scheunemann Schroeder, vice-presidente da IELB. Foto: OAJ

Em sessão solene, a Câmara Municipal de Porto Alegre concedeu, nesta terça-feira, 24, a Comenda Porto do Sol à Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB). A outorga da principal homenagem concedida pelo Legislativo, realizada no Plenário Otávio Rocha, foi proposta pelo vereador Ramiro Rosário (PSDB). “A IELB é daquelas organizações que têm, de fato, uma visão global e uma atuação local. Que faz a diferença na vida de milhares de pessoas”, afirmou Ramiro. Iniciado na Alemanha, em 1517, por Martinho Lutero, o movimento chegou ao Brasil em 1824, a partir da imigração alemã. Fundada em 24 de junho de 1904, em São Pedro do Sul, a IELB reúne cerca de 250 mil membros, em 2 mil locais de culto presentes em todos os estados brasileiros. A nossa Igreja Evangélica Luterana do Brasil ainda congrega 529 paróquias, 933 pastores, sendo que 629 pastores atuam nas paróquias. “Após meio milênio, o legado do Reformador pode ser observado em diversas áreas, como na educação, no trabalho, na ação social e nos direitos humanos”, observou Ramiro, lembrando que a visão da IELB fala em ser “uma Igreja Luterana confessional que vai ao encontro das necessidades das pessoas”. Isso se materializa na prática, no seu amplo trabalho cotidiano, com projetos e programas sociais que atendem milhares de pessoas. Ramiro ressaltou que em Porto Alegre, na Vila Jardim, a AELCA desenvolve projetos nas áreas de Assistência Social e Educação Infantil. Mais de 1300 famílias são atendidas no local, assim como centenas de crianças, adolescentes e jovens. O Fundo de Resposta a Desastres é uma das iniciativas prediletas de Ramiro, que foi secretário de Serviços Urbanos na Prefeitura de Porto Alegre. “Na prática, aprendi que nada pode ser mais desesperador para uma família do que enfrentar uma intempérie ou uma catástrofe na sua casa. Desde 2015, a IELB guarda recursos para ações emergentes, que são muito bem-vindos nessas situações limite”, comentou. Maior igreja luterana confessional de fala portuguesa, a IELB atua na África, com missões em Angola e Moçambique. “Seu olhar vai além das nossas fronteiras para alcançar quem mais precisa”, reconheceu. O vereador ainda citou os projetos “Equipando o povo de Deus”, “Capitania Hospitalar” e a “Rádio Cristo para Todos”, que desde 2014 traz uma programação diversificada aos seus ouvintes, 24 horas por dia. “A Rádio CPT atua em rede para ajudar os empreendedores a expandir seus negócios no meio cristão. Que iniciativa meritória!”, disse o vereador. MANIFESTAÇÕES O secretário estadual de Trabalho, Emprego e Renda, Hamilton Sossmeier, representou o governador do Estado, Ranolfo Vieira Júnior. “Esta é uma linda e justa homenagem que reconhece a importância do papel das igrejas, tanto do ponto de vista espiritual como social”, disse. O pastor Airton Scheunemann Schroeder, vice-presidente da IELB, agradeceu a homenagem proposta pelo vereador Ramiro e lembrou que “Deus instituiu a Igreja e o Estado. Portanto, os vereadores eleitos estão a serviço de Deus, independente da sua fé. Neste lugar, não devem ser aprovadas leis que sejam contrárias ao bem público ou que sejam abomináveis diante do Senhor”, destacou. “Os luteranos que aqui chegaram vieram antes do Estado brasileiro. Eles se organizaram em comunidades nos mais diferentes rincões gaúchos. Construíram estradas, ergueram pontes e cultivaram a terra. Para o desenvolvimento espiritual, fundaram igrejas; para o crescimento humano, fundaram escolas”, salientou. “Na base do nosso movimento, sempre esteve o acesso ao conhecimento, para todos”, concluiu. No final, houve apresentação de integrantes do União Coral Luterano. Veja como foi a homanegem no link da TV Câmara: https://m.youtube.com/watch?v=2WQUhccuziw

Texto: Orestes de Andrade Jr. (reg. prof. 10.241)




16 visualizações0 comentário