Aberto o primeiro parklet do 4º Distrito em Porto Alegre

Real Fucking Burger instalou equipamento que melhora convívio entre as pessoas e traz mais segurança à região

Tiago Venturella Both, proprietário do local, com o vereador Ramiro Rosário. Foto: OAJ

O Real Fucking Burger inaugurou o primeiro parklet do 4º Distrito em Porto Alegre. O empreendimento, que fica na Avenida Polônia, nº 375, recebeu os primeiros clientes na nova estrutura no sábado, 16 de outubro. Entre eles, o vereador Ramiro Rosário, que auxiliou na tramitação da licença junto à EPTC. “Além de ajudar os negócios, esses equipamentos amplamente instalados na nossa gestão de 2017/2020 contribuem para humanizar as ruas trazendo mais movimento e segurança”, disse Ramiro. “Certamente este parklet vai servir de modelo e inspiração a outros negócios do 4º Distrito”, comentou. Esse foi o 30º parklet instalado em Porto Alegre. A maioria está no Centro e na Cidade Baixa. Tiago Venturella Both, proprietário do Real Fucking Burger, disse que o público tem elogiado bastante a iniciativa. "Nossos clientes gostaram dessa nova opção. Eles dizem que ficou bem mais confortável", afirma. Há outros dois parklets em tramitação na EPTC para serem instalados na Capital.

Parklet do Real Fucking Burger é o 30º instalado em Porto Alegre. Foto: OAJ

HISTÓRICO Desde a gestão passada, a tramitação dos parklets em Porto Alegre foi facilitada. Antes, as autorizações percorriam várias secretarias e órgãos que tinham de dar um parecer técnico. A partir da mudança feita em 2019, somente a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) é a responsável por receber as solicitações, realizar a tramitação do processo e proferir a decisão final referente aos projetos. Conforme as regras estabelecidas, os custos financeiros referentes à instalação, manutenção e remoção do parklet, além de gastos relativos à alteração de sinalização viária ou a possíveis danos eventualmente causados a terceiros, são de responsabilidade exclusiva do permissionário. A nova regulamentação incrementou a oferta de mais espaços de convivência na cidade. "Os parklets trouxeram um novo conceito para Porto Alegre, incentivando o convívio social e o embelezamento dos espaços públicos. Eles também colocam mais pessoas nas ruas e, por consequência, trazem mais segurança", explica Ramiro. Os parklets são estruturas colocadas na lateral da via, geralmente ocupando o espaço relativo a dois veículos, podendo ser equipados com bancos, floreiras, mesas e cadeiras, guarda-sóis, ou outros elementos de mobiliário, com função de recreação ou de manifestações artísticas.

TextoOrestes de Andrade Jr. (reg. prof. 10.241)

3 visualizações0 comentário