Buscar
  • Ramiro Rosário

Empresa de mobiliário urbano adota 10,3 mil metros de canteiros


Os canteiros centrais de quatro grandes avenidas de Porto Alegre foram adotados nessa quinta-feira, 20, pela empresa de móveis urbanos De Lazzari. Com as adoções de 10,3 mil metros, o município deixará de gastar R$ 2,3 milhões por ano com serviços como varrição, corte de grama e capina. O contrato, com duração de dois anos, foi assinado pelo secretário municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb), Ramiro Rosário, titular da pasta que realiza a gestão e o planejamento das adoções de Verdes Complementares, e o dono da empresa, Antelmo De Lazzari.

A partir de agora, a iniciativa privada passará a fazer a manutenção das avenidas Osvaldo Aranha, entre a Sarmento Leite e a Protásio Alves; Venâncio Aires, da João Pessoa até a Osvaldo Aranha; Bento Gonçalves, da Princesa Isabel até a Antônio de Carvalho; e José de Alencar, entre a Borges de Medeiros e a Erico Verissimo.

“Pequenas ações ajudam a mudar a cara da cidade, pois incentivam as pessoas a melhorarem também seus espaços e isto vai sendo copiado por todos na volta. Assim, com a adoção de Verdes Complementares, buscamos parceiros que pretendam fazer a diferença, além de mostrar a importância do engajamento da comunidade no desenvolvimento de Porto Alegre”, afirma o secretário Ramiro Rosário.

“Somos parceiros por uma cidade mais bonita. O interesse pela adoção de espaços públicos veio com a gratificante experiência da revitalização da Praça Mafalda Veríssimo, onde produzimos, juntamente com a empresa Bendita Planta, um espaço com paisagismo e mobiliário de padrão internacional, quebrando paradigmas de décadas nas áreas verdes da cidade” diz Antelmo De Lazzari. A ideia, inicialmente, é fazer a manutenção básica dos espaços e, depois, poder aplicar uma nova ambientação.

A empresa - De Lazzari atua há mais de 10 anos no design e produção de móveis para uso urbano, com o uso de materiais nobres de longa duração, tais como: aço, madeira certificada e concreto de alta performance.

Adoções de Verdes Complementares - São considerados Verdes Complementares as rotatórias e os canteiros centrais e laterais de vias públicas. Em Porto Alegre, há cerca de 400 espaços disponíveis para adoção na Capital. Com a De Lazzari, são 30 espaços já adotados e outros 21 pedidos em análise. A adoção faz parte da Lei 12.583, de 9 de agosto de 2019, que permite a adoção por pessoas físicas e jurídicas de praças e parques, mas também passarelas, canteiros e rotatórias, passeios, fachadas de prédios públicos, monumentos e outros. O adotante assume os serviços de manutenção e adquire o direito de projetar uma ambientação nova no local, além de anunciar gratuitamente a marca no espaço, valorizando a sua empresa. Mais informações podem ser conferidas através deste link.

Fonte: Site da Prefeitura de Porto Alegre

Texto de: Rafaela Redin Foto: Anselmo Cunha/PMPA

#Adoção #ServiçosPúblicos #Verdescomplementares

0 visualização
Logo-Ramiro.png

© 2017

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo