Buscar
  • Ramiro Rosário

Fim da correção obrigatória de salários pouparia R$100 milhões em POA


A Prefeitura de Porto Alegre têm encaminhado à Câmara de Vereadores uma série de medidas para buscar equilibrar as contas da cidade. Com o fim da correção automática de salários pela inflação, por exemplo, estima-se que em 2018 teríamos uma economia de 100 milhões de reais. A correção passaria a ser analisada conforme a disponibilidade financeira do Município. Atualmente, Porto Alegre é a única cidade do país onde a correção anual é obrigatória por força de Lei.

Segundo as estimativas da equipe da Secretaria de Serviços Urbanos, esse valor é equivalente à recuperação de casas de bombas do DEP (R$ 36 milhões) com modernização no sistema (R$ 23 milhões), à instalação de containers subterrâneos nos 200 focos de lixo irregular (R$ 16 milhões) e ao atendimento de podas e supressões em 12 mil árvores que estão pendentes (R$ 15 milhões). Ainda sobrariam R$ 10 milhões que poderiam melhorar os serviços programados.

Lembramos, também, que há outras áreas na cidade merecendo investimentos, como a segurança, a saúde e a educação. Esses números servem para refletirmos sobre o tamanho dos gastos do governo com o inchaço da máquina estatal e quais são as melhores alternativas para esses tempos de crise.

Quais são as tuas prioridades?

#RamiroRosário #PortoAlegre #CâmaradeVereadores

11 visualizações
Logo-Ramiro.png

© 2017

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo